Confira 3 dicas de como escolher o carrinho de bebê

A princípio, a escolha do modelo ideal de um carrinho de bebê pode parecer uma tarefa complicada. Porém, não precisa ser assim. Basta seguir algumas dicas para que a missão seja mais prática e prazerosa.

Quer saber como? Então continue lendo este post e veja, a seguir, 3 dicas sobre como escolher o carrinho de bebê:

1. Avalie o tamanho e o peso do equipamento

Antes de observar outras características do modelo, preste muita atenção no tamanho que o carrinho tem quando está fechado. Medindo o carrinho dessa forma, será possível saber com exatidão se ele vai caber dentro de diferentes espaços.

Ele vai ter um espaço legal dentro de casa? É possível passar por todas as portas e se locomover com tranquilidade? Dá para colocar no porta-malas do carro sem que o espaço seja muito comprometido?

carrinho-de-bebe02

O peso também é muito importante, já que carrinhos muito maciços e nada versáteis podem transformar a sua rotina em um pesadelo.

Dessa forma, é indicado que você faça o seguinte teste no momento da escolha: segure o carrinho com apenas uma mão e, assim, tente realizar os movimentos que serão necessários (carregar, abrir e fechar e se deslocar de um lado para o outro).

É importante que os gestos sejam realizados apenas com uma das mãos, pelo fato de que, no dia a dia, você provavelmente estará segurando o bebê no momento de manuseio do carrinho.

Imagine estar sozinho com a sua criança e, apenas na hora da dificuldade, descobrir que o modelo adquirido é pouco prático?

2. Lembre-se de que os itens de segurança são primordiais

Acidentes podem ocorrer. Porém, ninguém quer passar por isso, certo? Uma ótima forma de evitar qualquer deslize que prejudique a saúde da criança é verificar todas as questões que envolvem a segurança do modelo desejado.

Fique de olho! Alguns itens devem ser verificados:

carrinho-de-bebe

O freio

Ainda na loja, trave as rodas do carrinho. Elas continuam se movimentando mesmo assim? Se a resposta for “sim”, descarte a possibilidade de adquirir esse modelo. É fundamental que, ao travar as rodinhas, o freio seja acionado e o carrinho não ande nem um passo a mais.

A trava de segurança

A trava de segurança deve ser verificada e estar travada sempre que o carrinho estiver comportando a criança. Caso ela falhe ou não tenha sido travada, é possível que o carrinho feche sozinho por acidente.

O cinto de segurança

O cinto deve ser verificado nem uma, nem duas vezes, mas várias.

Teste a força e sinta o material e o ajuste. Veja se o acessório é confortável e pense na boa adaptação que deve existir com o corpo da criança para que não ocorram machucados.

O cinto de segurança de 5 pontos é um dos mais aconselháveis, pois, além de separar ambas as pernas, ajuda a firmar o quadril e os ombros da criança. Isso evita quedas por escorregamento, por exemplo.

O selo de qualidade

Por lei, um carrinho de bebê precisa, obrigatoriamente, possuir o selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) para poder ser comercializado. No entanto, existem algumas marcas que desrespeitam essa norma.

Verifique, então, se o seu modelo favorito possui o selo. O Inmetro é o órgão responsável por certificar se o produto atende aos requisitos de qualidade e de segurança, ou seja, se não trará problemas para os pais e para as crianças.

3. Selecione o modelo mais adequado às suas necessidades

O estilo de vida dos pais deve ser levado em conta ao escolher o carrinho de bebê. Por isso, pense nas seguintes questões:

  • qual é a sua principal forma de locomoção? Na maioria das vezes, você anda a pé ou usa carro?
  • o carrinho será usado em caminhadas mais longas ou em períodos menores?
  • caso você pense em usar muito o carrinho para deslocamento na cidade, como é a topografia da sua região? Os terrenos são planos ou irregulares?
  • você vai precisar subir escadas?
  • de acordo com o seu orçamento, você está pensando em comprar apenas um carrinho para todo o período de uso ou está disposto a realizar trocas?

Não sabe ao certo a resposta para essas perguntas ou não entendeu muito bem a finalidade delas? Fique tranquilo, pois vamos te explicar agora o motivo de cada uma:

Carrinho com bebê conforto

Oficialmente conhecido como travel system, o modelo de carrinho que possui bebê conforto é indicado para bebês recém-nascidos. Afinal, nos primeiros meses de vida, o seu bebê estará deitado na maior parte do tempo.

Então, não é adequado optar por algum modelo que “force” a criança a ficar sentada. Além disso, segundo a legislação brasileira, o uso do bebê conforto é obrigatório para crianças com até 12 meses de vida.

Os carrinhos desse modelo já vem com o objeto, que pode ser encaixado no carrinho e colocado no veículo com facilidade, sem que a criança precise ser retirada a cada movimento.

Eis uma ótima opção caso você pense em comprar apenas um modelo durante todo o período de uso.

Carrinho de 3 rodas

Perguntar-se a respeito do estilo de vida é importante, porque existem opções resistentes no mercado, perfeitas para momentos que envolvem atividades esportivas.

carrinho-de-bebe03

Você gosta de fazer caminhadas, não quer abrir mão desses momentos de atividade física e, mais do que isso, gostaria de dividi-los com o seu filho? Isso pode se tornar realidade com o carrinho de 3 rodas!

A anatomia do carrinho permite que o bebê permaneça completamente confortável enquanto os pais realizam as atividades externas. Não haverá balanços desenfreados, e a criança não ficará sujeita a escorregamentos, já que a segurança do modelo é redobrada.

No entanto, o modelo é adequado apenas para crianças acima de 6 meses e, geralmente, ele é maior do que as opções tradicionais. Sendo assim, analise a possibilidade de ter outro carrinho mais prático.

Carrinho guarda-chuva

Um dos modelos mais práticos. O carrinho guarda-chuva é aconselhável caso você precise realizar muitos movimentos no dia a dia: subir escadas, levar o seu filho para passeios pontuais, colocar e tirar o equipamento do porta-malas…

O principal objetivo do carrinho guarda-chuva é oferecer praticidade para encarar a correria do cotidiano.

Por outro lado, isso faz com que o conforto possa ser menor quando comparado aos modelos preparados para viagens (a exemplo do travel system). Fique atento, pois terrenos muito irregulares e ruas com pavimentação mais robusta não combinam tão bem com o modelo.

 

Como você pôde notar, acima de qualquer preferência pessoal, o processo de como escolher o carrinho de bebê deve considerar a melhor experiência possível junto à criança.

Outro momento muito importante na chegada de uma criança é o chá de bebê. Confira o guia completo de como preparar um chá de bebê dos sonhos.

Confira 3 dicas de como escolher o carrinho de bebê
5 (100%) 4 votes