Estou grávida, e agora? 6 dicas fundamentais para o início da gestação

woman honding negative pregnancy test

Você poderia estar esperando por isso, ou nem imaginava que aconteceria. Mas agora, você será mamãe pela primeira vez! Junto com todas as emoções do momento, surgem centenas de dúvidas e incertezas.

É necessário tomar tantas vitaminas? O que comprar para o enxoval? Para ajudar você nesse momento especial, listamos 6 dicas para o início da gestação. Confira!

1. Vá ao médico no início da gestação

Pode parecer bem óbvio, mas essa é a primeira coisa que você deve fazer após confirmar a gravidez. É esse médico quem vai acompanhar toda a sua gestação, parto e pós-parto. E é nas consultas iniciais que você poderá tirar todas as dúvidas sobre a nova situação. Não tenha vergonha de perguntar nada!

É provável que você saia com uma receita de suplementos específicos, como ácido fólico. Esses nutrientes são importantes para a formação do bebê e para complementar sua nutrição durante a gestação.

2. Faça listas

Ainda é o início da gestação e você tem alguns bons meses pela frente, mas já é possível planejar algumas coisas do enxoval, parto e pós-parto. São muitas coisas e itens, por isso, é bom fazer uma ou mais listas.

Pense no que é necessário para o enxoval, como produtos de higiene, roupinhas (de acordo com a estação do nascimento) e até roupas e acessórios para você. Analise bem as suas necessidades e as do bebê e coloque tudo no papel. Essa é a hora de elaborar a lista de chá de bebê também! Lembre-se: pode ser que essa lista mude ao longo do tempo, servindo mais como um guia.

3. Pesquise bastante

Depois de listar tudo o que você vai precisar, é hora de começar a buscar as melhores lojas e produtos. Nessa hora, vale perguntar para mãe, tias, primas e amigas. Compare preços e veja avaliações dos itens mais importantes. Com um pouco de paciência, você vai encontrar o melhor custo-benefício possível.

4. Reveja sua alimentação

É provável que já na primeira consulta, o médico diga isso para você. E pode ser que você ouça muita gente dando palpite na sua alimentação. Essa é uma parte importantíssima da boa manutenção da saúde para qualquer pessoa, e para grávidas não é diferente.

Por isso, repense o consumo de alimentos enlatados, conservas, fast food e comida industrializada. Esses itens contêm grandes quantidades de sódio e açúcar, e podem elevar a pressão arterial e causar diabetes – dois problemas gravíssimos para gestantes.

Adicione mais frutas e verduras à dieta e prefira comida caseira e leve. Se você sofre de enjoo, procure consumir alimentos leves e em poucas quantidades. Água de gengibre é uma ótima forma de acabar com as náuseas e melhora a imunidade.

5. Faça exercícios leves

Se você já faz exercícios, é hora de repensar o programa com seu educador físico. Se não, é o momento de iniciar alguma atividade. Na academia, prefira treinos leves. Na rua, opte por caminhadas mais curtas ou diminua o ritmo.

Ioga, pilates e outras atividades de alongamento também podem ser adaptadas e são até indicadas. Elas ajudam a aliviar as dores nas costas, decorrentes da gestação.

6. Não fique ansiosa para fazer tudo

Esse é um dos itens mais importantes! Não precisa se desesperar com tudo, nem querer fazer tudo correndo. É totalmente normal alguns itens do enxoval ficarem para depois que o bebê nascer. E, sabemos, nem sempre você vai conseguir comer a refeição mais saudável do mundo, nem fazer alongamentos.

O importante é você ter consciência de que agora é hora de cuidar da saúde e se preparar para a chegada do pequenino mais importante do mundo!

Ainda é o início da gestação e você, seu bebê e sua família têm um longo caminho pela frente. Aproveite esse momento único e faça tudo no seu tempo, do seu jeito! Você já fez alguma coisa dessa lista? Nos conte tudo! Deixe um comentário!

Estou grávida, e agora? 6 dicas fundamentais para o início da gestação
Média 5 de 5 (100%), de 1 avaliações

Receba dicas sobre Chá de Bebê no seu email!

Deixe um Comentário