A gravidez e os primeiros meses de vida do bebê são períodos muito importantes. Você vai precisar de apoio para passar por essa fase delicada e também vai querer dividir os momentos felizes com as pessoas mais próximas. Por isso, é comum organizar pequenas festas para reunir os amigos, agradecer e retribuir todo o carinho.

Mas será que você conhece todos os eventos para celebrar a chegada do bebê? A gente traz esse guia com as festas e comemorações mais comuns para te ajudar a escolher e se organizar melhor na hora de fazer cada um deles.

1. Chá de Bebê

Entre todas as comemorações relacionadas à gravidez, o chá de bebê é a mais famosa. Antigamente, essa era uma festa apenas para mulheres, mas hoje isso não é mais a regra. Na verdade, incluir os homens da família na comemoração só traz benefícios.

Para garantir uma festa animada e confortável para todos, você pode organizar brincadeiras e deixar os convidados à vontade para participar ou não. Quem quiser, poderá participar das brincadeiras enquanto quem prefere ficar sentado conversando poderá curtir a festa do mesmo jeito. As brincadeiras são legais porque unem pessoas e deixam o ambiente mais leve, lembrando a infância, que é o tema principal da festa.

Como o final da gravidez já gera muitos gastos com tudo que envolve a saúde da mãe e do bebê, o objetivo do chá não é esbanjar. Tudo na decoração pode ser feito à mão e, ainda assim, ficar muito charmoso. É claro que, se dinheiro não for problema, contratar alguém para organizar sua festa contribui para que ela seja incrível, sem muito esforço.

O horário pode ser escolhido considerando o tipo de refeição que você quer servir. Se quiser fazer jus ao nome da festa e organizar um chá da tarde, marque perto das 17h e aposte nos chás, sucos, água saborizada e café, fugindo de refrigerantes que não fazem bem para a sua saúde. Para comer, biscoitos, pães e bolo combinam muito bem, não são difíceis de fazer e agradam a todo mundo.

Com relação à data da festa, envie os convites com duas semanas de antecedência para que os convidados possam se planejar e comparecer ao chá.

Você pode ajudar seus convidados na escolha dos presentes colocando no convite o que precisa para completar o enxoval do pequeno. Se preferir uma maneira mais prática, faça sua lista de presente online. Os seus convidados poderão consultar o que você quer ganhar no seu chá e ainda te presentear diretamente por essa lista. Outra vantagem da lista online é que você recebe os presentes em dinheiro, assim você pode sair e comprar exatamente o que precisa.

2. Chá de Fraldas

Muito parecido com o chá de bebê, o chá de fraldas é uma reunião com amigos e familiares, onde o presente para o bebê é sempre pacotes de fralda, um dos artigos que o bebê mais precisará nos primeiros anos de vida. Essa comemoração é ideal para quem já tem quase tudo do enxoval e quer aproveitar para completar o estoque de fraldas.

O melhor momento para realizar essa festa é com a gravidez já avançada, entre o sétimo e o oitavo mês de gestação. Assim, é  possível tirar várias fotos da barriga e guardar de recordação esse momento tão gostoso.

A festa em si pode ser para poucas pessoas e durar cerca de duas horas. Assim, você terá uma comemoração animada sem que ela fique cansativa. No convite, defina um horário para a festa começar e acabar, dessa forma todos os convidados estarão cientes de que não podem ficar até muito tarde.

Neste tipo de comemoração, a lista de presentes do chá de fraldas é composta apenas por fraldas, tudo o que você precisa fazer é decidir a quantidade e os tamanhos para colocar nos convites.

Se você não quer destinar um armário inteiro para estocar as fraldas que ganhou no chá e nem quer ganhar fraldas em tamanhos que pode acabar não usando, uma dica é fazer o chá de fraldas online. Assim, você recebe o valor das fraldas em dinheiro e vai comprando as fraldas a medida que o bebê precisar.

Para deixar a festa ainda mais divertida, é comum fazer brincadeiras parecidas com as do chá de bebê.

3. Chá de Revelação

O melhor momento para fazer o chá de revelação é por volta de 16 semanas de gestação, onde já é possível identificar o sexo do bebê pelo ultrassom. Se a barriga já estiver muito aparente, os convidados podem dar palpites sobre o sexo do bebê a partir do formato dela e se divertir com a resposta na hora da revelação.

Para fazer o chá de revelação é preciso avisar o/a médico/a que você não quer saber o sexo do bebê e pedir para que ele/ela revele essa informação para alguém de confiança que poderá acompanhar a consulta. Essa pessoa pode ser uma amiga ou algum parente próximo que aceite entrar na brincadeira e manter segredo. Vocês podem combinar uma forma de revelar o sexo do bebê durante a festa e essa pessoa vai ser responsável por fazer a brincadeira acontecer.

Vocês podem optar por fazer um bolo recheado de azul ou rosa, colocar balões cheios de hélio em uma caixa e abri-la quando chegar a hora de revelar o sexo, escrever em um papel colorido e abrir o envelope durante a festa ou qualquer outra forma criativa de fazer isso. O importante é que só uma pessoa saiba e não estrague a surpresa para os outros convidados do evento!

É interessante engajar os convidados em brincadeiras para supor qual o sexo do bebê. Você pode dividir as pessoas em dois grupos, um que aposta que é menina e outro que acredita que é menino. Organize as apostas e o grupo que acertar vence a brincadeira. No final, você pode sortear alguma lembrancinha entre os participantes do grupo ganhador, isso estimula todas as pessoas a participarem.

4. Chá de Apresentação ou Debut

Essa já é uma comemoração feita depois do nascimento e é muito útil para quem tem vários amigos querendo visitar o bebê, mas não tem tanto tempo disponível para isso, ou simplesmente não se sente confortável com a constante visitação em casa.

Nos primeiros dias após o nascimento, tudo é muito corrido, a rotina da casa muda e é preciso se acostumar às novas demandas do bebê, por isso é melhor deixar tudo no jeito antes mesmo de ir para a maternidade. Antecipar essa preparação poupa trabalho e preocupação em um período tão delicado. O chá de apresentação existe para poder concentrar todas as visitas em um mesmo dia, evitando cansar muito você e o recém-nascido.

Aqui é organizada uma pequena festa, geralmente depois de 30 dias de vida do bebê, para que todos possam conhecê-lo. Além disso, os convidados levam presentes para a criança como brinquedos, roupinhas e demais artigos de higiene que são muito necessários nesse momento.

A comemoração deve ser organizada de forma que o bebê não seja muito incomodado. É comum que ele fique dormindo no quarto e os convidados entrem aos poucos para ver a criança sem perturbar seu sono. Como tudo deve ser organizado em torno da rotina da casa, horários, decoração, comidas para servir e tudo mais vai variar de uma reunião para outra.

A festa também é um descanso para você, que pode dar atenção a todos de uma vez em um dia só e depois se concentrar apenas em aproveitar o filhote em casa.

5. Mesversário

Mesversário é uma pequena comemoração em cada um dos primeiros 12 meses de vida do bebê. Nesses primeiros meses, ele cresce muito rápido e a cada dia você aprende uma coisa diferente com seu filho, por isso um mês parece tempo demais e merece ser comemorado. São festas pequenas, só para as pessoas mais próximas da família e alguns amigos.

Se você achar que será muito trabalhoso organizar uma festinha todo mês, lembre-se de que pode reutilizar enfeites e decoração sem nenhum problema e não precisa exagerar nas comidas servidas já que no mês seguinte haverá mais. Ainda assim, algumas pessoas escolhem meses específicos para comemorar, por exemplo, 1º, 3º, 6º e 9º mês.

É legal também tentar tirar uma foto do bebê na mesma posição e com a mesma roupinha todo mês. No final você terá uma linha do tempo do primeiro ano de vida do seu filho e poderá expor na festinha de um ano. É bem simples de fazer e o resultado é muito bonito!

Outra opção legal é fazer um passeio diferente com a família a cada mês. Todos podem se divertir e é um jeito de comemorar sem, necessariamente, fazer várias festas.

6. Batizado

Como o evento é mais íntimo, apenas para a família, poucos amigos e os padrinhos, é fácil organizar uma cerimônia mais reservada depois do batizado. É indicado que todas as pessoas convidadas para a cerimônia religiosa também sejam convidadas para a festa que acontece depois do evento, assim não há risco de qualquer convidado se sentir magoado.

O tipo de prato que você vai servir para os seus convidados vai variar de acordo com o horário do batizado. O brunch, que é uma junção de café da manhã com almoço mais leve, é uma ótima opção para as cerimônias que acontecem no começo da manhã. Almoço ou jantar também são ótimas formas de reunir todos os convidados e ambos podem ser feitos em casa ou em um restaurante.

Durante o batizado e a festa que acontece depois, é comum que o bebê use roupas de cores claras, já que a cerimônia religiosa tem a ver com a pureza e o sagrado. Algumas pessoas compram uma roupinha comum, outras preferem o uso de um mandrião. De qualquer forma, o importante é que a criança esteja confortável o tempo todo.

Alguns pais preferem fazer o batizado quando o bebê completa um ano, então, a festa de batizado é junto com o aniversário. Isso ficará a seu critério.

7. Aniversário de 1 ano

A festa de um ano de vida do seu filho não se restringe apenas ao aniversário dele, mas também a um ano que você venceu as incertezas e trabalhou muito para cuidar de uma nova vida, passou por algumas dificuldades, mas também teve momentos muito felizes. Ou seja, é uma festa mais para você do que para o bebê.

Por todos esses motivos, é normal que você queira convidar muita gente. No entanto, com um ano de idade, pode ser que seu filho não se sinta à vontade em um lugar muito cheio. O barulho e a movimentação podem causar estresse, então tenha sempre atenção. Se ele se adaptar ao ambiente, ótimo, se não leve-o para um lugar tranquilo até que se acalme e possa voltar à festa se sentindo melhor.

Tenha em mente que a festa terá crianças e nem todas têm a idade do seu filho, então organize brincadeiras e escolha um lugar onde elas terão espaço para brincar e correr.

As comidas e bebidas servidas devem ser pensadas para que não apresentem risco para nenhuma criança. Evite amendoins e balas pequenas que podem engasgar ou alimentos muito duros que podem machucar a boca.

Alguns pais preferem não dar chocolate ou balas para seus filhos quando eles ainda são muito novos, por isso tenha também em sua festa opções mais saudáveis como frutas, iogurte e sucos. Deixe as frutas descascadas e os sucos coados, tudo já no jeito para que as crianças possam comer sozinhas.

O tema da festa pode ser algum desenho que o bebê já demonstra interesse ou, se ele não tiver nenhum tema preferido, você pode escolher por ele. Alguns pais gostam de fantasiar a criança na hora do parabéns, aproveitam para se fantasiar também e fazer esse momento ainda mais divertido. Se essa for a sua ideia, não tenha medo e aproveite para curtir muito essa fase da infância!

Já sabe o que fazer para celebrar a chegada do bebê? E as primeiras festinhas? Deixe seu comentário no post contando para a gente!

Aproveite e descubra aqui o guia completo do Chá de Bebê perfeito!

Você também vai gostar destes conteúdos: