O resultado deu positivo. Parabéns, você está grávida! São muitas emoções, sentimentos e dúvidas nesses primeiros momentos. Pensando nisso, separamos as principais dicas sobre a gravidez semana a semana, para juntos acompanharmos a gestação, o desenvolvimento do bebê e todos os fenômenos que acontecem em cada uma das fases.

primeiros-sintomas-de-gravidez

Sintomas de gravidez

Você já fez um teste de gravidez? Nessas primeiras semanas, algumas mulheres costumam já perceber as mudanças no seu corpo e, até mesmo, a gravidez. Enquanto outras, não sentem nenhuma diferença.

O atraso na menstruação costuma ser o primeiro sintoma que já coloca em tese uma possível gravidez. Entretanto, ele não é necessariamente um indício desse fenômeno.

Sintomas como enjoos, sonolência e seios doloridos e inchados podem reforçar a ideia do início da gestação. Diante da dúvida, o primeiro passo é buscar a resposta em um teste de gravidez de farmácia ou exame de sangue, bem como buscar uma consulta médica.

Os testes de gravidez afirmam o início da gestação por meio da presença do hormônio HCG no seu corpo, o qual também costuma ser responsável pelas náuseas. Esse hormônio somente é produzido quando há uma gravidez, liberado pela formação da placenta.

Mudanças no corpo

Nessas primeiras semanas, ainda não é possível notar nenhuma mudança corporal. Em alguns casos, a barriga pode ficar um pouco mais inchada, devido ao aumento da produção de gases, o que é completamente comum em gestantes.

Emoções e comportamentos

Com as grandes mudanças hormonais é comum também uma alteração no humor. As emoções ficam a flor da pele. Não se preocupe! Esse sentimento não se instalará durante toda a gravidez. É apenas um primeiro momento de adaptação aos novos hormônios e passado essa primeira fase, tudo se normalizará.

Sangramento no inicio da gravidez

Durante o processo de implantação do feto no útero, algumas veias podem se romper e provocar um pequeno sangramento, chamado de sangramento de implantação.

É comum que isso confunda um pouco algumas mulheres, considerando que eles normalmente surgem próximo da época esperada da menstruação.

Portanto, pequenos sangramentos nesse início da gestação são completamente comuns e sem risco ao bebê. Caso ele venha de uma maneira intensa, é importante buscar auxílio médico.

Desenvolvimento do bebê

Nesse momento, todo o sistema de apoio para desenvolver o bebê está sendo criado. Agora, já há um embrião que tem, mais ou menos, o tamanho de um grão de arroz.

Esse início é extremamente importante para o desenvolvimento do bebê. A placenta e o cordão umbilical começam a se formar e já nutrem o embrião. O líquido amniótico também já começa a aparecer dentro do saco gestacional.

Mudanças na rotina

Assim que confirmada a gravidez, é importante se consultar com um médico para iniciar o pré-natal e buscar uma atividade física, com a orientação dele e de um profissional da área.

Também é de extrema importância para a saúde do bebê e da mãe que haja uma alimentação balanceada – rica em vitaminas (como B-12, C, D, E), cálcio, ferro e ácido fólico.

gravidez-semana-a-semana03

Esses dois fatores juntos evitam possíveis complicações e ajudam a gestante a ter um peso saudável, bem como estar em boa forma para o trabalho de parto e para a recuperação pós-parto.

O que você não deve fazer

Cuidado com a atividade física em excesso. Nessas primeiras semanas, é ideal que tenha uma recomendação médica sobre qual é o exercício mais recomendado. Inclusive, se você já tem o hábito de praticar esportes.

4 semanas: Lista de atividades

  • Marcar ginecologista/obstetra para iniciar o pré-natal e se informar sobre as primeiras recomendações;
  • Buscar uma atividade física leve com a recomendação do seu médico;
  • Manter uma alimentação saudável e balanceada, com as vitaminas necessárias recomendadas pelo médico;
  • Compartilhar a linda novidade com familiares e amigos.

 

Confira a próxima fase da sua gestação: gravidez semana a semana: 5 semanas.

Aproveite esse tempo para saber mais sobre a sua gestação e descubra como calcular a idade gestacional.

Você também vai gostar destes conteúdos: