Nessa etapa, o corpinho do seu bebê já está com uma forma mais próxima do que ele será no dia do nascimento. A cada etapa, ele se desenvolve mais e cresce. Diante disso, acompanhar a gravidez semana a semana é fundamental para entender como acontece a evolução do bebê.

Esse post – continuação do texto Gravidez semana a semana: 8 semanas de gravidez – faz parte de uma série de conteúdos com o intuito de informar sobre cada estágio da gestação.

gravidez-semana-a-semana9

Sintomas de gravidez

Você anda se sentindo mais cansada que o normal? Isso é completamente normal durante a gravidez. Por mais que a barriga não tenha dado o seu primeiro sinal, os hormônios já estão a todo vapor no seu corpo, provocando diferentes reações.

É comum se sentir enjoada, com dores nas costas e cabeça. Além de sono, inchaço e prisão de ventre.

Uma boa alimentação e atividades físicas podem ajudar um pouco a amenizar esses sintomas.

Emoções e comportamentos

O humor ainda é o vilão da gravidez, ora você está feliz, ora está triste. Essas alterações são muito comuns. Nem sempre é fácil se adaptar a elas e, talvez, o apoio profissional possa ajudar a passar por esse momento de maneira mais leve.

Inclusive, os exercícios físicos e de relaxamento também ajudam bastante a regularizar um pouco a descarga de hormônios e podem ser um importante aliado nessa fase.

Normalmente, a partir da 16ª semana, o efeito dos hormônios se regulariza, causando menos impactos tanto no corpo quanto no emocional.

Mudanças no corpo

No início do segundo mês de gravidez, pode ser que a barriga esteja levemente mais inchada, mas ainda não dá o sinal característico da gestação.

Os seios, que estão doloridos, podem ficar duros e pesados. Essa sensibilidade começará a diminuir a partir da 16ª semana.

Alguns pontos esbranquiçados podem aparecer bem nas aureolas. Eles são glândulas que têm o objetivo de hidratar os mamilos por meio da produção de óleos. O seu corpo se preparando para a amamentação.

Desenvolvimento do bebê

O seu bebê está do tamanho de uma cereja. Nessa fase, todas as partes do corpinho já estão ali, braços, pernas, nariz, orelhas, olhos e os órgãos. A parte interna das orelhas também já está se formando.

O bebê já está ganhando uma forma mais próxima do que será quando ele nascer, com toda a estrutura do corpinho formada.

No início, ele tinha algo que se parecia uma calda. Nessa etapa, ela já não existe mais. As pernas e os braços crescem ainda mais e se alongam. Os órgãos se desenvolvem com toda a complexidade que possuem.

Mudanças na rotina

Já começou a se exercitar? Especialistas indicam a natação como uma excelente atividade física para as grávidas. Principalmente, devido ao baixo impacto nas articulações.

Durante a gravidez, um dos hormônios que o organismo solta em maior quantidade é a relaxina. Com um importante papel para a preparação do parto, ele atua diretamente no relaxamento das articulações – inclusive da pelve – e ajudar a alargar o colo do útero.

Entretanto, ele acaba relaxando todas as articulações do corpo. Portanto, é fundamental evitar exercícios que coloquem muita pressão nas articulações.

Exercícios físicos por si só ainda ajudam a relaxar ainda mais as articulações, contribuindo diretamente para a preparação do parto.

O que você não deve fazer

Como já citado anteriormente, é importante evitar exercícios de alto impacto nas articulações, como corridas, tênis, squash e atividades que envolvam pular.

Se você já está acostumada com exercícios de alto impacto, consulte seu médico sobre a continuação deles durante a gravidez e, até mesmo, sobre a intensidade permitida.

9 semana: lista de atividades

  • Não deixe de se exercitar. Busque informações sobre a atividade que mais lhe interessa;
  • Tente descansar. Tirar cochilos durante o dia pode ajudar a diminuir o cansaço;
  • Está trabalhando? Aproveite para programar as suas férias e definir se será durante ou depois da gravidez.

 

Confira a gravidez semana a semana: 10 semanas de gestação.

Você também vai gostar destes conteúdos: