As roupinhas e, principalmente, a quantidade sempre são uma dúvida na hora de planejar o enxoval de bebê. Com uma grande variedade de modelos e tecidos, a escolha se torna ainda mais difícil. Para os especialistas, a instrução é única, optar sempre por peças confortáveis e macias. A dica é evitar produtos com ganchos, zíperes e/ou botões que possam machucar o pequeno.

roupas-bebe

A faixa etária também é um ponto que deve ser levado em conta, considerando que os bebês mudam a necessidade de tipos de roupa de acordo com ela. Por exemplo, não é recomendado adquirir blusas abertas na parte debaixo nos primeiros meses, elas acabam subindo e sendo pouco práticas. Saiba os itens que os bebês usarão até os três meses.

Ao prepararem a lista de enxoval, é importante que os pais se atentem a estação do ano em que o pequeno irá nascer, pois isso influenciará na escolha das roupas – confira as roupinhas ideais para cada estação do ano. No inverno, será necessário mais mantas, casacos e roupinhas de manga longa. Já no verão, a escolha poderá ficar para cueiros leves e roupas de manga curta. Saiba se os bebês sentem mais frio do que crianças e adultos.

Para facilitar a organização do enxoval de bebê, preparamos uma lista com as roupinhas que algumas mães elegem como essenciais no guarda-roupa do pequeno:

– Bodies de manga longa e curta.

O body é o a peça chave para qualquer bebê, pois pode ser usado sozinho ou por baixo de macacões em dias mais frios, deixando o pequeno ainda mais quentinho. Em média, seis bodies de cada tamanho atendem a demanda de troca de roupas.

baby-body

– Macacões de manga longa e curta.

Os macacões se tornaram uma peça curinga, assim como os bodies, principalmente, pela praticidade. Eles mantêm o bebê quentinho e não sobem quando o bebê se movimenta. São recomendadas seis peças de cada tamanho.

bebe-macacao

– Calças.

As calças com ou sem pé são excelentes para manter o bebê aquecido e usar junto com os bodies. Para as opções que não possuem pé, basta colocar meias. Quanto a quantidade, seis calças de cada tamanho.bebe-calça

– Meias.

Como os sapatinhos são pouco práticos para bebês novos, os quais ainda não andam, as meias acabam sendo uma boa alternativa para não somente esquentar o pé dos pequenos, mas também compor o look. Hoje, o mercado possui algumas opções que imitam tênis e sapatilhas. Um charme!

meias-para-bebe

Confira 6 itens mais charmosos do enxoval de bebê.

– Casaquinho.

Mesmo que o bebê nasça no verão, é essencial que no enxoval tenha pelo menos um casaquinho leve, para dias mais frescos. Eles são ideais para manter o pequeno aquecido e colocar por cima de qualquer roupinha.

casaco

Fique atento: cuidado com os tecidos que podem provocar alergias no bebê. Opte sempre por opções hipoalergênicas.

Mito ou verdade: os bebês sentem mais frio do que crianças e adultos?

– Babadores.

Como muitos bebês utilizam esse item, praticamente, o tempo todo, ele já se tornou uma peça de roupa e uma das fofuras do enxoval de bebê. Ele evita que os bebês façam alguma lambança na roupa e, por consequência, acabam diminuindo a troca diária de peças.

Captura de tela 2016-04-01 14.13.47

Dica: como o bebê usará muito esse item, busque opções mais charmosas, com desenhos e recortes diferenciados. O neném ficará ainda mais fofo com esse tipo de babador.

– Mantas e Cueiros.

Independente da estação em que o pequeno for nascer, as mantas e os cueiros serão extremamente fundamentais no enxoval de bebê. E, como nenéns muito novinhos acabam ficando por muito tempo enrolado em um deles, ele acaba sendo uma parte da roupinha.

blanket

Dica: opte por mantas mais quentinhas com tecido hipoalergênicos se o bebê for nascer em uma estação mais fria. Caso o pequeno nasça no verão, opte pelo cueiro, o qual possui um tecido mais leve.

Saiba a diferença entre os vários tipos de paninhos.


No EuNeném você pode criar sua  lista de enxoval online. Pode compartilhar sua lista com amigos e familiares e ganhar presentes durante toda a gravidez. Experimente agora!

Saiba as roupas que não podem faltar no enxoval de bebê até os 6 meses
Classifique este post

Recommended Articles